New graphene material

O primeiro aparelho auditivo do mundo com processamento de sinal baseado na Deep Neural Network!

Oticon More foi treinado
com 12 milhões de cenas
sonoras da vida real.

OTICON | More

Na Oticon pensamos
primeiro no cérebro

Seu cérebro precisa de mais acesso

A cena sonora ao seu redor muda constante-
mente de maneiras imprevisíveis – onde quer

que você esteja. Portanto, seu cérebro evoluiu
para lidar com toda essa complexidade e criar
signicado a partir dela.
Na Oticon, nos concentramos entender melhor o
cérebro e desenvolver tecnologia que forneça
suporte a ele. Uma nova pesquisa mostrou que o
cérebro precisa de acesso a toda cena sonora
para compreender naturalmente os sons*.

Você escuta com o cérebro, não com as orelhas.
Suas orelhas capturam os sons para que seu
cérebro possa identicfiá-los, localizá-los e
decidir quais ouvir.
VOCÊ SABIA?

Na Oticon pensamos primeiro no cérebro

Menos não é o suciente para o seu cérebro
Você já pensou como seria ótimo ouvir mais
sobre o que está acontecendo ao seu redor?
Isso não é possível com os aparelhos auditivos
tradicionais porque eles são projetados para
focar apenas na fala que vem da sua frente. Mas
essa não é a maneira ideal de tratar a perda
auditiva.
Com uma cena sonora muito limitada, torna-se
difícil acompanhar as conversas. E é quase
impossível ouvir os sons de fundo – que são
vitais para a audição natural. Mais importante,

uma cena sonora limitada impede que seu cére-
bro obtenha as informações sonoras das quais

ele necessita.

oticon-more
Abra o Whatsapp
1
Precisa de Ajuda?
Olá Podemos ajudá-lo(a)?